O riso do sábio

Collection Izvor

O riso  do sábio Feuilleter

P0243PO

191 paginas



  Français Italiano Español Deutsch Românã English Arabic

«O riso do sábio é o riso da liberdade. Aquilo que o sábio compreendeu libertou-o dos fardos inúteis da existência, para o projetar até às regiões onde brilha um sol eterno.
O o maior desejo do sábio é transmitir, aos que vivem perto dele ou que vêm visitá-lo, essa sabedoria que ele conquistou à custa de tanto esforço. Mas é necessário muito tempo para eles conseguirem assimilá-la! Por isso, a única coisa que o sábio pode comunicar de imediato é a alegria que lhe advém dessa sabedoria, a alegria que enche o seu coração, que transborda do seu coração, e o seu riso é a expressão dessa alegria, a que também podemos chamar amor.»

I O sábio vive na esperança ............................. 7
II Como o pastor guarda as suas ovelhas ........ 23
III Proteger as fronteiras da nossa alma ........... 41
IV A espera que nos mantém vigilantes ........... 57
V «Se o teu olho for puro,
todo o teu corpo será luminoso» .................. 69
VI O sério, as lágrimas, o riso, a festa .............. 79
VII A candeia do sábio
está cheia de alegria ..................................... 89
VIII Língua de ferro e língua de ouro ................. 103
IX A vitória sobre o sofrimento:
o sorriso de Deus ......................................... 117
X Cada sacrifício imprime em nós
a marca do sol .............................................. 125
XI «O maior de entre vós
será vosso servidor» ..................................... 139
XII Agradecer, fonte de luz e de alegria ............ 151
XIII Para que o vosso nome seja
inscrito no livro da vida ............................... 167
XIV À mesa do banquete .................................... 177




  • Le Verseau et l'avènement de l'âge d'or
  • CD - Le sens cosmique, mystique et historique de Noël
  • DVD NTSC - SEUL UN HAUT IDEAL APPORTE LA PLENITUDE
  • La prière, les bienfaits de la collectivité - DVD Pal
  • Le travail alchimique ou la quête de la perfection
  • La balance cosmique - Le nombre 2
  • Pensées Quotidiennes 2006